A felicidade da vocação supera todas as riquezas

A felicidade que tenho supera todo dinheiro e liberdade que o mundo possa me oferecer

Um dia desses, saí pela cidade para refrescar um pouco a cabeça e fiquei olhando cada pessoa que passava por mim. Olhava um senhor sentado na calçada vendo o movimento, percebia a mulher conversando com o filho, observava como as pessoas trabalhavam, e assim eu pensei: “Elas estão cumprindo sua vocação?”.

Desde que me encontrei com Deus, sempre ouvi falar da vocação que Ele coloca em todos os seus filhos, e que essa vontade d’Ele é o que nos faz felizes. Antigamente, quando não existiam meios digitais, ouvia-se falar mais que o filho de fulano foi para o seminário, que a filha de sicrano foi para o convento, e assim as pessoas buscavam seu chamado a Deus.

Hoje em dia, tudo é tão mais fácil, e eu até imaginava que as pessoas seriam mais facilmente tocadas pela Palavra de Deus e seguiriam a sua vocação. O que me surpreende, no entanto, é que as pessoas estão cada vez mais vazias, mais afastadas, mais conectadas com o mundo e desconectadas do Senhor.

Essa procura pela vocação caiu, e o mundo está se tornando mais atrativo. É tudo sem dor, sem medo e sem limites; até os propósitos de uma vida na via estreita não têm mais interessado a ninguém.

Queridos irmãos, sou muito feliz por ter escolhido seguir Deus. Tive muitos desafios, até maiores do que teria lá fora, mas a felicidade que tenho, hoje, supera todo dinheiro e liberdade que o mundo possa me oferecer. Prender-se a Deus causa mais felicidade do que se soltar no mundo, e essa descoberta me fez entender que fiz a escolha certa.

Não vamos ter medo de nos entregar a Deus; foi Ele quem nos criou e é Ele que sabe o que é melhor para nós.

Rezo por você.

Wellington Jardim (Eto)
Cofundador da Comunidade Canção Nova e administrador da FJPII

 

Adquira os livros de Wellington Jardim (Eto):

Animados    Administrar    Se Deus