Assumir as fraquezas é receber a misericórdia de Deus

A misericórdia de Deus quer nos alcançar, mas precisamos querer

São Paulo nos ensina a viver uma conversão radical.

Hoje, celebramos a conversão de São Paulo, um apóstolo que viveu uma conversão radical, por isso a Igreja celebra esta festa. Mas, por que falar de São Paulo hoje? Porque chama muito minha atenção sua história de perseguidor da Igreja, a perseguido. Um homem que foi impactado pelo encontro pessoal com Jesus e assim mudou de vida.

como-melhorar-o-meu-ser-inflexivel

Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Na palavra diz: “Levanta-te, recebe o batismo e purifica-te dos teus pecados, invocando o nome do Senhor!’” (Atos 22, 16). Estou a refletir, quantas vezes nos prostramos diante de tantos pecados e das nossas limitações? Quantas vezes não temos a coragem e nem força para nos levantarmos? E assim continuamos com uma vida errada, esquecendo a misericórdia de Deus.

Precisamos, meus irmãos, nos levantar das nossas prostrações, olhar para Cristo que nos chama à conversão, assumirmos sim nossos pecados no sacramento da confissão, invocar o nome de Deus e acreditar na misericórdia. Vamos viver como São Paulo, uma conversão radical, nos levantar de todo o pecado que nos abate, e receber a misericórdia de Deus. Hoje, procure um sacerdote, se confesse, busque uma conversão de coração!

Seu irmão,
Wellington Jardim (Eto)
Cofundador da Comunidade Canção Nova e administrador da FJPII

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.