Como conviver com situações difíceis

Existem situações que são tão difíceis, tão complexas e acontecem repetidas vezes que você até se cansa de ser bom, e relevar. Por exemplo: a esposa gosta de dormir sem ventilador, já o esposo sente muito calor. Ela aguenta algumas noites o frio do vento na madrugada, mas depois de um tempo isto vai desgastando o relacionamento e daqui a pouco a situação já vira até motivo de separação. Dessa forma, posso dar inúmeros exemplos sobre pequenas renúncias que fazemos e, em um certo ponto, estas renúncias passam a ser difíceis.

onde-encontramos-esperanca

Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Bem irmãos, o que você faria nessa situação?

O melhor caminho é o diálogo, digo por experiência própria. Quando algo nos incomoda a ponto de deixar-nos irritados, devemos partilhar. Claro, com toda a caridade, pois o outro não sabe que está te deixando nervoso (a), mas devemos falar que tal situação está nos magoando, irritando, ou outro sentimento ruim que esteja lhe causando. O mais importante é a transparência. Mas veja o momento certo. Na raiva não podemos tomar decisões nem falar o que vem a nossa cabeça.

Em oração sempre

Eto

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.