O mistério da salvação

Por mais que tentemos compreender a salvação, nunca chegaremos à sua totalidade

omisteriodasalvaçao
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Não podemos desviar os olhos da cruz ou esquecer o sepulcro vazio. Tropeçamos e caímos muitas vezes, mas Jesus nos estende a mão para seguirmos em frente.

Ele sabe o quanto é sofrido o percurso até a cruz. Mas, por mais pesada que seja a nossa cruz, nunca poderá ser comparada à cruz que Ele carregou. Que peso levar sobre Si os nossos pecados, as nossas dúvidas, desconfianças e traições! Como foi alto o preço pago para que tivéssemos uma oportunidade de voltar a viver a comunhão perdida com o Pai!

E a vontade de Jesus é que levemos a todos, de todos os cantos, esta realidade maravilhosa:

“Portanto, se com tua boca confessares que Jesus é o Senhor, e se em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. É crendo de coração que se obtém a justiça, e é professando com palavras que se chega à salvação. (…) Porém, como invocarão aquele em que não têm fé? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão falar, se não houver quem pregue?  E como pregarão, se não forem enviados? (Rm 10,9-10.14-15).    

Seu irmão,

Wellington Jardim (Eto)
Cofundador da Comunidade Canção Nova e administrador da FJPII

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.