O veneno da língua

Todos nós temos um vício muito triste, que é o da maledicência. De fato, quem é que, de vez em quando, não se põe a falar mal dos outros? Mesmo que não queiramos, sempre nos escapa uma coisinha, sempre surge um comentário maldoso.

Queridos, não é fácil controlar a língua, mas devemos pedir a Deus essa graça. Aprendi que temos duas orelhas e uma boca, para ouvirmos mais e falar menos; então, assim devemos prosseguir. A língua tem o poder de nos elevar, mas o seu ponto mais forte é o de destruir. Tomemos cuidado com ela!

Peçamos a Nossa Senhora, Virgem do Silêncio, a graça de ouvirmos mais.

Deus nos abençoe,
Eto

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.