Deixemo-nos ser podados por Deus

Compreendamos as podas de Deus em nossa vida

“Eu sou a videira verdadeira e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que não dá fruto em mim, ele corta; e todo ramo que dá fruto, ele limpa, para que dê mais fruto ainda” (Jo 15,1-2). Essa poda divina é dolorosa, mas necessária. Ele olha para cada um de nós como obra original, belos conforme Ele fez, mas aptos a produzir frutos de salvação para o Reino.

Por isso, essa poda de Deus dói, mas, quanto maior for a dor, melhor serão os frutos do Espírito. A seiva do Espírito Santo percorre a nossa alma depois que esta é purificada pelo jardineiro divino. Por isso, devemos resistir ao tempo da poda e aguentar firme. É assim que Deus nos livrará do perigoso redemoinho das paixões deste mundo.

“O olhar do Senhor vigia sobre quem o teme, sobre quem espera na sua graça”. Todo mundo espera em Deus. Temos que viver bem neste mundo e com esperança.

Seu irmão,
Wellington Jardim (Eto)
Cofundador da Comunidade Canção Nova e administrador da FJPII

 

Adquira os livros de Wellington Jardim (Eto):

Animados    Administrar    Se Deus

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.